Os presentes que os três Reis Magos – Baltazar, Belchior, Gaspar – levaram para o menino Jesus (ouro, mirra e incenso) são, talvez, a razão de hoje em dia oferecermos presentes na noite de 24 para 25 de dezembro.
Por isso mesmo, a oferta de presentes aos nossos familiares e amigos não deverá ser sinónimo de compras, gastos desnecessários, prendas só porque sim.
O presente de Natal deve ser exemplo de solidariedade, fraternidade e partilha. Ou seja, valores que o Menino Jesus desperta no coração humano.
Quando quiserem ser generosos com o outro, pensem sempre com carinho, com responsabilidade e com respeito.