O efeito de estufa é um processo físico provocado por alguns gases presentes na atmosfera, como o dióxido de carbono, o metano ou o óxido de nitroso, que absorvem a radiação sob a forma de calor e impedem que a mesma seja libertada para o espaço.
Esta situação contribui para o aquecimento global, apesar de o efeito de estufa controlado ser essencial para manter o planeta aquecido e assegurar a vida na Terra.
No entanto, o efeito de estufa tem alcançado níveis muito prejudiciais devido ao uso descontrolado de combustíveis fósseis, à utilização de certos fertilizantes ou ao elevado desperdício alimentar.
De acordo com a Organização das Nações Unidas (ONU), é necessário reduzir 70% das emissões de gases com efeito de estufa até 2050 e 100% até ao ano de 2100. Caso contrário, as consequências serão desastrosas para a sobrevivência dos diferentes seres vivos existentes.