Foi no século XVIII que os pasteleiros franceses, por altura da Páscoa, decidiram fabricar ovos de chocolate e colocar doces no seu interior.
A partir dos ovos de galinha, habituais, retiravam a gema e a clara e aproveitavam a casca para dar o formato certo ao doce. Os ovos de chocolate eram envolvidos em papéis coloridos, pintados de forma criativa.
A certa altura, os pais começaram a optar por uma brincadeira nesta época do ano: esconder os ovos de chocolate pela casa ou pelo jardim para os mais novos descobrirem o seu doce presente.