CEIC NOTÍCIAS

Jornal do Colégio Externato Imaculada Conceição

Edição n.º 5

abril 2022

Guardado o coração

No ano em que se comemoram os 200 anos da Revolução Liberal Portuguesa, e porque a cidade do Porto fica mesmo aqui ao lado, por que não ficar a conhecer esta estória da História (de Portugal)?

O coração de D. Pedro IV está depositado na capela-mor da Igreja da Lapa, num sarcófago. A chave do mesmo guarda-se numa das gavetas da secretária do Presidente da Câmara.
Foi o próprio D. Pedro que desejou que o seu coração, embalsamado, fosse entregue à cidade do Porto, sobretudo como reconhecimento pelos enormes sacrifícios dos portuenses aquando do Cerco do Porto, ainda na primeira metade do século XIX.
Era à Igreja da Irmandade da Lapa que o antigo rei português ia assistir à missa de domingo e a outros atos religiosos. Como tal, faria todo o sentido que o seu coração ali repousasse. Após autorização daquela Irmandade, a vontade do monarca liberal foi efetivada.

Voltar