CEIC NOTÍCIAS

Jornal do Colégio Externato Imaculada Conceição

 

coming soon

Voltar

Comedouros: aves alimentadas

Iniciámos o 3.º período preocupados com a preservação da biodiversidade animal e decidimos construir comedouros para as aves que sobrevoam o Colégio.
Mas não colocamos logo mãos à obra, que precisávamos de mais informações…
Começámos por ampliar o nosso conhecimento sobre as espécies mais comuns da região, com uma pesquisa em diferentes fontes, e, só depois passámos para a organização e implementação do projeto. Já recolhemos materiais recicláveis, como pacotes de leite ou caixas de ovos, para avançar com os trabalhos manuais… Agora, durante as aulas de Ciências, com a colaboração da professora, vamos dar forma aos nossos comedouros.
Estarão prontos em junho, e espalhados pelos jardins do CEIC.
Esperem pelo resultado final… Vai ser ‘de ver (comer) e chorar por mais’!

Passeio pedestre

Para fazer uma pausa nas atividades letivas mais exigentes e rotineiras e, ainda, para aproveitar um contacto privilegiado com a Natureza, os alunos do 2.º Ciclo, no dia 14 de maio, caminharam por terras de Fafe, no norte de Portugal.
Concretizaram, sem pressas e apreciando o património histórico local, um trilho pedestre de 14km, com começo e fim no lugar da Lagoa.
Neste convívio descontraído e atento, alunos e professores puderam apreciar a beleza da paisagem, respirar ar puro, interagir com os outros e as suas tradições e práticas quotidianas.
Mais uma vez, foi um dia bem passado e para mais tarde recordar com um sorriso nos lábios.

O início…

Informamos os nossos leitores que, de acordo com o que temos estudado nas nossas aulas, a vida no planeta Terra terá tido origem na água, há muitos, muitos, muitos anos, com seres como as bactérias, as algas e microrganismos.
Esses seres foram evoluindo e, tempos mais tarde, surgiram outras formas de vida, nomeadamente os primeiros invertebrados aquáticos, como as medusas e as estrelas-do-mar, e diferentes plantas também apareceram em diversos ambientes, quer aquáticos, quer terrestres.
Já há 200 milhões de anos, os dinossauros eram uma realidade em toda a extensão do planeta, além de alguns mamíferos e das primeiras plantas com flor.

Acrescentamos, ainda, que há cerca de 65 milhões de anos, a atmosfera apresentava uma constituição semelhante à presente e, por isso, aves e mamíferos circulavam pelos vários locais do Mundo.
Hoje, sabemos que o planeta Terra se faz de muitos animais, além de outros seres vivos, que merecem o nosso respeito e proteção.

Animais em vias de extinção…

De acordo com a Lista Vermelha da União Internacional para a Conservação da Natureza (IUCN), são mais de 25 000 as espécies animais referidas como vulneráveis, ameaçadas ou criticamente ameaçadas. Por exemplo, os ursos-beiçudos originários das florestas asiáticas ou o panda vermelho, também nativo da Ásia.
Torna-se essencial, então, que o ser humano adote comportamentos para preservar o planeta, que não é apenas a casa dos seres humanos. Importa reduzir a poluição dos mares e florestas, a emissão de dióxido de carbono que provoca aquecimento global; é fundamental poupar água e combater a desflorestação. Devemos estar atentos ao excessivo uso de produtos de origem animal e evitar a utilização de elementos provenientes de espécies ameaçadas, como por exemplo, suplementos alimentares com guelras de raias-manta, roupa com pele de lontra, ou prendas com dente de tigre.
Vamos todos contribuir para o bem-estar no planeta Terra. É o nosso dever!

Zzzzz… uma abelha (enoooooorme)

Houve mais um animal ‘gigante’ a entrar no Colégio. Desta vez foi uma abelha muito grande que invadiu a sala do 5.ºA.
Durante a aula de Ciências, curiosamente, o animal entrou pela janela e os alunos, cheios de medo, fugiram para o recreio. Quando regressaram à sala de aula, a turma e a professora Sara abriram todas as janelas e perceberam que a abelha estava presa numa delas, onde se manteve até ao final da lição.
Já na hora do intervalo, os alunos abandonaram a sala e a professora teve o cuidado de colocar a abelha gigante de novo no espaço exterior, ou seja, o seu habitat natural.
Mais uma história dos alunos do 2.º Ciclo com os seres vivos!

Será um cão, ou um ‘super-cão’?!

Ouvimos relatos de que um cão de tamanho bastante significativo entrou no Colégio Externato Imaculada Conceição, há umas semanas, o que nos obrigou a uma pesquisa pormenorizada e prolongada no tempo.
Confirma-se que o animal entrou pela porta principal, subiu as escadas diretamente para o recreio onde vários alunos se divertiam. O pânico instalou-se com corridas para todos os lados. Perguntamos a um aluno, que não quis ser identificado, como se sentiu, e obtivemos a seguinte afirmação: “Eu senti-me muito assustado, pois foi a primeira vez que isto aconteceu”.
No entanto, o percurso do cão não acabou aqui. Ainda subiu as escadas para as salas e tentou entrar nas do 5.ºA e do 5.ºB. Finalmente, o corajoso professor João Paulo agarrou-o com cuidado pela sua coleira e os alunos puderam entrar na sala. O cão foi levado até ao exterior onde o seu dono, um vizinho do CEIC, já o esperava com ansiedade.
Que aventura!

Mãe querida, Mãe querida…

O dia 2 de maio, este ano Dia da Mãe, não foi esquecido pelo CEIC. À comemoração online juntou-se a decoração florida e acolhedora que recebeu todas as mães na segunda-feira, dia 3, na porta da capela, a atual entrada do 1.º Ciclo.
Mãe é aquela pessoa que nos trouxe ao Mundo. Aquela que vai estar lá sempre para nos defender, para nos amparar, para nos ajudar a voar. Também nos vai mostrar os perigos, as dificuldades, o que podemos fazer melhor.
Que possamos sempre, todos e todos os dias, beneficiar da companhia, do afeto, da força que só a nossa Mãe nos consegue dar. Um bem haja a todas as Mães.

Terço Online

Maio é mês de Nossa Senhora.
Mais uma vez, o Colégio não se deixou ultrapassar pela situação pandémica na qual ainda vivemos e a noite de 12 para 13 de maio fica marcada pela celebração online com todas as famílias.
Tal como aconteceu no passado ano de 2020, reunimos a comunidade do Colégio que nos acompanha todos os dias e, via zoom, rezamos o Terço de forma unida e esperançosa.
Nós, os alunos, e as nossas famílias fazemos as leituras, entoamos os cânticos, pedimos à Nossa Senhora que nos proteja a todos.
É um momento comovente, introspetivo e, acima de tudo, marcado pela fé que faz parte do nosso dia a dia.
E ao longo deste mês de Maio não temos esquecido as orações diárias, bem como as mensagens sinceras deixadas na capela junto à imagem de Nossa Senhora.