Não sabíamos bem quem entrevistar, mas sendo Simba uma figura tão conhecida dos filmes para crianças, por que não dirigir-lhe algumas questões?

P: Como se sente ao ser uma estrela de cinema?
R: Não exagerem. Sou apenas um leão com uma história de vida interessante e que alguém quis contar. Talvez a minha história sirva de exemplo para alguém.

P: Sabe que toda a gente chorou consigo, quando o seu pai, Mufasa, morreu?
R: Acredito que sim, foi um momento dramático e muito emocionante. Ninguém assim tão novo, nem mesmo um animal, devia perder o pai.

P: O Timon e o Pumba são assim tão divertidos como parecem?
R: São, são muito divertidos. O tempo, quando estás com eles, não passa de tão animado que é. Como eles dizem “Hakuna Matata, os seus problemas são para esquecer”, porque depois temos tempo para pensar no que é mais complicado.