Não conhecemos nenhum, mas imaginamos quais poderiam ser as suas respostas à nossa curiosidade. Isto porque conversamos com as nossas colegas que recolheram informações sobre esta personagem tão característica do Carnaval português.

P: Qual é o seu papel no Carnaval?
R: Na verdade, eu devo fazer barulho com os chocalhos e assustar um bocadinho as pessoas que passeiam pela rua. Mas sem maldade. É só uma forma de nos divertirmos.
P: Foi influenciado pela sua família ou ser careto é uma decisão sua?
R: Não tive grande opção… O meu avô, o meu pai e o meu tio são caretos, logo eu tive de seguir o seu exemplo. Na aldeia de Podence, a maioria dos homens e rapazes deseja que a tradição de mantenha durante muitos e muitos anos…
P: Qual a sua opinião sobre o fato/a máscara que usa?
R: Não são completamente confortáveis, mas a verdade é que têm as cores de Portugal e isso ajuda a mostrar que é uma tradição bem portuguesa.